16/11/2018 às 09h39min - Atualizada em 16/11/2018 às 09h39min

Lula e juíza discutem em primeiro depoimento à substituta de Moro

Destak
Divulgação
Lula prestou seu primeiro interrogatório nesta quarta-feira (14) desde que foi preso. Condenado pelo caso do triplex do Guarujá, o ex-presidente esteve na sede da Justiça Federal, em Curitiba, onde permaneceu por quase três horas. Logo no início, Lula chegou a discutir com a juíza Gabriela Hardt, substituta de Sérgio Moro, futuro Ministro da Justiça.

Réu na ação do sítio de Atibaia, o ex-presidente chegou a questionar Hardt. "Doutora, eu só queria perguntar para o meu esclarecimento. Eu sou o dono do sítio ou não? Porque eu estou disposto a responder toda e qualquer pergunta. Eu sou dono do sítio ou não?". 

A juíza respondeu: "isso o senhor que tem que responder e eu não estou sendo interrogada nesse momento". O ex-presidente interrompeu a magistrada e disse que quem precisa responder é quem o acusou. Hardt endureceu: "senhor ex-presidente, esse é um interrogatório, e se o senhor começar nesse tom comigo, a gente vai ter problema".

Lula ainda afirmou durante o interrogatório que sua prisão era um prêmio da Operação Lava-Jato, só não sabia para quem. Ele chegou a fazer críticas indiretas a Moro, e a juíza pediu que o magistrado fosse respeitado.

Após interrogatório, Lula deixou o prédio em viatura policial, e retornou à a sede da PF em Curitiba, onde cumpre a pena. Manifestantes a favor do ex-presidente estiveram em frente ao prédio da Justiça durante a audiência.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp