06/04/2021 às 10h42min - Atualizada em 06/04/2021 às 10h42min

Professora de Indaial conquista Prêmio Nacional de boas práticas na Educação Infantil durante a pandemia

Rede Cultura 92.1
Divulgação
A professora Keila Josimara Beilke, da Unidade de Educação Infantil Espaço de Crescer, está entre as 100 profissionais brasileiras vencedoras do “Prêmio Educação Infantil: boas práticas de professores durante a pandemia”. Na manhã desta segunda, 5, o prefeito André Moser, acompanhado do secretário de Educação, Jairo Gebien, a recebeu no Gabinete da Prefeitura para parabenizá-la pelo Projeto “Contar e Cantar para Aproximar”.

A pandemia trouxe a necessidade de diversos setores se reinventarem, e na educação não foi diferente. “Com maestria, nossos profissionais buscaram as ferramentas digitais para o ensino não presencial, dando continuidade ao trabalho de qualidade realizado na rede. Levar o nome de Indaial para o país inteiro é motivo de orgulho para todos, parabéns Keila pela iniciativa”, ressalta o prefeito, André Moser.

O prêmio foi criado para dar visibilidade ao trabalho de professores que, diante dos desafios trazidos pela Covid-19, estiveram na linha de frente, comprometidos na articulação para possibilitar o contato e a comunicação próxima com seu grupo de crianças e familiares. A iniciativa é da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal e conta com a parceria da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e da Fundação Itaú Social.

Também colaboraram com o Projeto as auxiliares Caroline Tatiane Haelsner Batista e Alaídes Trombelli; a professora de hora atividade Tatiane Koch; o zelador, José; a agente educacional, Suelange; a cozinheira, Rose; e a auxiliar de direção, Andreia, além do apoio do pedagogo, Odair Zagger, e da diretora, Cleunice Tavares.

 

Projeto “Contar e Cantar para Aproximar”

O Projeto surgiu da necessidade de elaborar propostas para alcançar as famílias e continuar o desenvolvimento das crianças no período de ensino não presencial. Teve como objetivo principal permitir e manter a aproximação e o vínculo afetivo das crianças e famílias através de vídeos de músicas, histórias e mensagens, valorizando os profissionais da equipe que fazem parte da rotina diária presencial na Unidade. Eles não poderiam ser esquecidos, pois estavam presentes nas brincadeiras no meio do corredor, no incentivo no refeitório para uma boa alimentação, no capricho com a limpeza e organização da nossa sala, no período presencial.

Em todo o processo foram produzidos mais de 10 vídeos, tendo como base a literatura, a música e aproximação. As músicas, histórias clássicas e literaturas infantis eram cantadas, contadas ou dramatizadas pelos profissionais. As mensagens que foram gravadas falavam sobre saudades, alimentação saudável, incentivos e lembrando o distanciamento social necessário. Isso fomentava nas crianças a curiosidade, imaginação e incentivo à literatura e música, deixando viva na memória os profissionais e espaços da unidade. Sempre foi respeitado o distanciamento social, o uso de álcool em gel e de máscaras nas gravações.

Os vídeos procuravam alcançar os direitos de aprendizagem e desenvolvimento na Educação Infantil e os campos de experiências conforme a Base Nacional Comum Curricular e a Proposta Municipal de Indaial.

As famílias recebiam o planejamento das propostas através do Sistema Betha (Sistema Gerenciador de Ensino do Município) e do grupo de WhatsApp da Turma, o qual facilitava muito a comunicação das famílias com os profissionais da educação. As produções, propostas e devolutivas eram publicadas também nas mídias sociais da unidade, atingindo assim a comunidade, que curtia e compartilhava os vídeos.

Os vídeos resgataram as memórias dos pequenos, deixando-os interessados e animados em realizar as vivências, pois elas estavam dentro da realidade e disponibilidade dos pais, sendo prazerosas e de fácil aplicabilidade e produção. Os vídeos fizeram com que as devolutivas aumentassem cada vez mais e mantendo 100% dos pais no grupo da turma e com participações em diversas propostas.

Foram diversas as áreas contempladas no desenvolvimento das crianças nos planejamentos: autonomia com incentivos em preparar refeições e lanches saudáveis; coordenação motora e linguagem através de músicas e coreografias dirigidas; imaginação e interação com reproduções de mágicas e histórias com fantoches criados pelas famílias; curiosidade e contato com elementos da natureza através do plantio de sementes de feijão; afetividade pela literatura e abraços em famílias; entre muitas outras.

O Projeto também foi apresentado no “Relatos de Experiência em Artes”, desenvolvido pela Secretaria de Educação de Indaial para professores da Rede.

“As famílias foram o nosso alicerce neste trabalho e que elas se comprometeram com as propostas, vendo o quanto de esforço e amor era adicionado a cada vídeo e em todo o projeto. Acredito que a evolução de todos tenha sido algo imensurável. É como se uma venda de restrições e impossibilidades fosse tirada dos olhos e pensamentos. Agora compreendido como nós professores podemos passar por uma metamorfose, superar desafios; esforçar-nos a sair dos casulos e que existe sim ‘um mundo de opções e inovações que podem e devem ser explorados’”, destaca a professora.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp