16/11/2020 às 08h31min - Atualizada em 16/11/2020 às 08h31min

Mãe e filho são presos por corrupção eleitoral e porte ilegal de arma de fogo em Ascurra

Policia Civil
Divulgação
A ocorrência foi registrada no domingo (15), por volta das 13h30,

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Ascurra, com o apoio da Polícia Militar, prendeu em flagrante mãe e filho, suspeitos das práticas dos crimes de corrupção eleitoral e porte ilegal de arma de fogo.

A diligência policial ocorreu nas proximidades da E.E.B Domingos Sávio, localizada no centro da cidade de Ascurra, no exato momento no qual os suspeitos chegaram com um veículo no estacionamento lateral da instituição de ensino. Durante a abordagem no porta-luvas do automóvel havia uma pistola, calibre .380 com 14 munições e dentro do carro a quantia de R$ 2.250,00 (dois mil e duzentos e cinquenta reais), bem como uma bandeira de um determinado candidato.

Considerando a localização da arma de fogo, os valores, a bandeira, as demais informações, tais como áudio do whatsapp e relatório de informação policial, fora dada voz de prisão ao conduzido D.P pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e corrupção eleitoral e a investigada A.M.S.P restou presa apenas pelo crime de corrupção eleitoral.

Ambos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Ascurra para a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante pelo Delegado de Polícia Civil Dr. Ronnie Reis Esteves. A conduzida A.M.S.P pagou fiança no valor de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) e responderá o processo em liberdade e o flagranteado D.P permanece preso aguardando decisão judicial a ser prolatada pelo juízo eleitoral.   

COLABORE COM A POLÍCIA CIVIL DE ASCURRA - DENÚNCIAS ATRAVÉS DO 047-9.9793-6769- SIGILO ABSOLUTO.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp