29/10/2020 às 07h04min - Atualizada em 29/10/2020 às 07h04min

Justiça Eleitoral recebe mais de mil denúncias de disparo em massa no WhatsApp

ND ONLINE
Divulgação
O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou nesta quarta-feira (28) que recebeu 1.037 denúncias de disparos em massa de mensagens no WhatsApp.

As contas do aplicativo são suspeitas de disseminar conteúdos falsos durante as eleições municipais. As denúncias foram recebidas entre 27 de setembro e 26 de outubro.

Devido à pandemia da Covid-19, o primeiro turno das eleições deste ano foi adiado de 4 de outubro para 15 de novembro – Foto: Reprodução/Pixabay/ND

Após passarem por um processo de checagem, 17 foram descartadas por não estarem relacionadas com as eleições. Foram enviadas 1.020 denúncias para providências da plataforma, que realizou o banimento de 256 contas.

Os números fazem parte dos primeiros resultados da parceria entre o TSE e a empresa para combater às fake news durante a campanha eleitoral.

No início da campanha, o tribunal lançou uma plataforma de denúncias. Para informar sobre mensagens suspeitas, basta preencher um formulário, que está disponível no site do TSE.

Devido à pandemia da Covid-19, o primeiro turno das eleições deste ano foi adiado de 4 de outubro para 15 de novembro.

O segundo turno, que seria em 25 de outubro, foi marcado para 29 de novembro. Os eleitores vão às urnas para eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp