03/07/2020 às 10h46min - Atualizada em 03/07/2020 às 10h46min

Moradores de Itajaí fazem manifestação para cobrar presença da Celesc

ND Online
Divulgação
Após cerca de 48 horas sem luz, moradores de Itajaí fizeram uma manifestação no fim da tarde desta quinta-feira (2). Eles cobravam o restabelecimento da energia elétrica, prejudica pela passagem do Ciclone Bomba.

Por volta das 17h30, a rua Luiz José de Medeiros, no bairro Cordeiros, foi fechada por uma barricada e a comunidade ateou fogo nos materiais. A Polícia Militar afirma que os bombeiros foram os primeiros a chegar ao local, mas acabaram hostilizados e impedidos de apagar o incêndio.

Explosivos que provocam luz e som intensos precisaram ser usados para afastar as pessoas do local e permitir que as chamas fossem controladas.

“Pelo perigo que o fogo estava ocasionando, com as labaredas chegando próximas à fiação, os policiais solicitaram que a população se retirasse para que o fogo pudesse ser contido, o que não foi atendido, sendo necessário fazer uso de dispositivo de efeito moral”, informou a PM.

Quase uma hora e meia depois do início da manifestação, por volta das 19h, a Celesc chegou ao local para executar a recuperação da rede elétrica. Por segurança, a Polícia Militar acompanhou o trabalho.

Na manhã desta sexta-feira (3), conforme a Celesc, Itajaí ainda tem 419 unidades consumidoras sem energia elétrica. Destas, 142 são no bairro Cordeiros, 129 no Cidade Nova e 86 no São Vicente.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp