18/03/2020 às 10h04min - Atualizada em 18/03/2020 às 10h04min

Governador de Santa Catarina determina novas medidas

Aline Brehmer
P.M.T.
Divulgação
Na noite dessa terça-feira, dia 17, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, decretou situação de emergência em todo o Estado devido ao Coronavírus (Covid-19). Na mesma ocasião, ele assinou o Decreto, no qual consta que estão suspensos, por 30 dias, a realização de todo e qualquer evento, independente do número de pessoas que participem. Isso inclui missas e cultos religiosos.

Também, por sete dias, ficam interrompidos os serviços de transporte municipal, intermunicipal e interestadual. Em Timbó, a partir das 18h30min de hoje, o transporte coletivo não irá mais ser realizado.

Também não devem ser abertos, durante sete dias, academias, shoppings, restaurantes e estabelecimentos comerciais em geral. Novas entradas em hotéis também ficam suspensas por hora. Ainda conforme o decreto, as indústrias deverão operar em sua capacidade mínima necessária nas regiões em que já tenha sido identificado o contágio comunitário.

Os locais que prestam serviços essenciais, como hospitais, unidades de saúde, postos de gasolina, farmácias, supermercados, empresas que fazem entrega de água, luz e gás, serviços funerários, captação e tratamento de esgoto, lixo, telecomunicações e segurança privada devem manter suas atividades normalmente.

A Guarnição Especial de Indaial (GEIn) emitiu, nesta manhã, uma nota oficial informando que irá intensificar as rondas ostensivas em Timbó e cidades da região, a fim de garantir que os estabelecimentos comerciais estejam cumprindo com as normas.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp