18/11/2019 às 10h49min - Atualizada em 18/11/2019 às 10h49min

Oktoberfest estuda reduzir percentual do repasse das vendas de chope artesanal

NSC
Divulgação
A organização da Oktoberfest estuda reduzir o percentual sobre as vendas de chope que as cervejarias artesanais precisam repassar à Vila Germânica. Hoje esta fatia corresponde a 15% do volume comercializado. 

Pequenas e com menos bala na agulha do que a cervejaria oficial – a Eisenbahn paga 18% –, as artesanais locais sentem mais a mordida e pedem tratamento diferenciado. 

A reivindicação não é nova, mas qualquer mudança, se de fato acontecer, só viria em 2021. O contrato firmado neste ano pelas cinco marcas regionais – Blumenau, Bierland, Das Bier, Hersing e Wunder Bier – vale também para a edição de 2020.

Outra medida em análise é a alteração da quantidade de pontos de venda dentro da Vila Germânica destinadas às artesanais durante a Oktoberfest. Hoje são sete, mas há intenção de ampliar esse número para abrir ainda mais espaço para os produtores locais. 

Novamente, qualquer mudança neste sentido também só seria aplicada a partir de 2021 porque implicaria mexer em pontos de venda da Eisenbahn, a cervejaria oficial, cujo contrato ainda é válido até o ano que vem.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp