23/08/2019 às 14h45min - Atualizada em 23/08/2019 às 14h45min

Mais de 40 pinguins são encontrados mortos em praias de Bombinhas

ND Online
Divulgação
Mais de 40 pinguins foram encontrados mortos nesta quinta-feira (22) na orla de Bombinhas, no litoral Norte. As aves marinhas foram recolhidas nas praias de Canto Grande, Mariscal e Zimbros. Todos os animais eram da espécie Spheniscus magellanicus, o famoso pinguim-de-Magalhães.

A principal suspeita de morte é a desnutrição e a infestação de parasitas no sistema gastrointestinal. Apenas um pinguim foi encontrado com vida, mas em grave situação de debilitação, além de estar cego de um olho.

Os pinguins foram recolhidas pela equipe técnica do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos. Eles foram levados para o setor na Univali (Universidade do Vale do Itajaí), em Penha.

Os animais que estiverem em condições de análise cadavérica serão examinados para confirmar o motivo do óbito. De acordo com o oceanógrafo e coordenador da unidade, Jeferson Luís Dick, a presença de parasitas no sistema gastrointestinal é comum nesta espécie, situação que contribui para a debilitação e óbito do animal.

A ocorrência da espécie no litoral brasileiro é comum nesta época do ano, pois os pinguins partem de colônias reprodutivas da costa do Uruguai e da Argentina em busca de águas mais quentes e de alimentos.

Segundo Jeferson, a espécie costuma migrar em grupos, o que explica a morte concentrada dos pinguins. Quando não encontram alimentos, ficam desnutridos e desidratados, facilitando o encalhe e morte na praia.

Apenas um pinguim estava vivo na hora do resgate, mas estava bastante debilitado e cego de um olho. Ele será acompanhado e atendido por biólogos, veterinários e tratadores para tentar estabilizar sua saúde corpórea.

Os animais atendidos na unidade recebem todo o auxílio necessário prestado por profissionais capacitados, recebendo alimentação nutritiva de acordo com sua dieta, hidratação e medicação, caso seja necessário.

Ao avistar um animal marinho debilitado ou morto nas praias, a comunidade pode contribuir acionando a equipe do PMP-BS/Univali no telefone 0800 642 3341. A ligação é gratuita e funciona todos os dias da semana, das 8h às 17h30min.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp