23/08/2019 às 08h55min - Atualizada em 23/08/2019 às 08h55min

'A imprensa regional é importante para o futuro da nação', afirma presidente Bolsonaro

Notisul
Divulgação
O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quinta-feira, em Brasília, que o trabalho da imprensa regional é importante para o futuro da nação. A declaração foi durante café da manhã com 50 lideranças das entidades que representam veículos de comunicação de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

O encontro foi articulado pela Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert), e teve a participação também de representantes da Associação de Diários do Interior (ADI Brasil e ADIs SC, PR e RS), da Associação dos Jornais do Interior (AdjorisSC e PR), entre outras entidades representativas da mídia regional dos três Estados do Sul do país.

De acordo com o presidente da Acaert, Marcello Corrêa Petrelli, o objetivo foi mostrar ao presidente o potencial e a atuação da mídia regional nos três Estados do Sul. Segundo o empresário, os programas locais de rádio e televisão, além dos jornais impressos e digitais, têm as maiores audiências nos municípios. “Nosso público aprendeu a desconfiar da mídia mal-intencionada, porque temos um propósito: pensar e agir diferente. Em primeiro lugar está nossa comunidade, a nossa região, o nosso Estado”, explicou Petrelli.

Bolsonaro reclamou da má vontade da mídia nacional em interpretar suas declarações sobre diversos assuntos. “Esse é o meu jeito de falar. Jeito que o povo entende. E não vou mudar. Estamos construindo uma rota diferente do passado. Temos tudo para dar certo. Precisamos de união”, declarou.

Acompanharam o presidente o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Luiz Eduardo Ramos, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, e o secretário Especial de Comunicação Social, Fábio Wajngarten. “Esse é o jeito sincero do presidente. Discurso que foi eleito pelo povo brasileiro”, destacou o general Ramos, amigo de Bolsonaro.

Também prestigiaram o evento os deputados Rogério Mendonça Peninha (MDB-SC), coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, e Coronel Armando (PSL-SC), parlamentares do Paraná e do Rio Grande do Sul, o conselheiro de Comunicação do Senado,Ranieri Moacir Bertoli, o presidente da Associação Catarinense de Imprensa (ACI),Ademir Arnon, entre outras lideranças do setor no Sul do país.

O meio jornal

Coube ao vice-presidente de Gestão e Finanças da ADI-SC, Adriano da Fonseca Kalil Escada, diretor Executivo da Central de Comunicação, mostrar as diferenças entre os jornais impressos e digitais do interior e a chamada grande imprensa. Em sua apresentação, disse que não são estes que pautam o debate na base da sociedade. “Nos municípios do interior do país, no Brasil real onde circulamos, somos nós da mídia regional que cumprimos essa função”, destacou.

Kalil enfatizou a integração editorial que já ocorre em Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo por meio de colunas diárias publicadas nos jornais organizados em associações. “Trata-se de um instrumento muito forte, que pode e deve ser bem usado por fontes de todos os setores da sociedade, pois estarão se associando ao que temos de mais forte e valioso - nossas marcas”, observou.

O presidente da ADI Brasil, Jedais Pereira Belga, do Paraná, aplaudiu a iniciativa, que considerou das mais importantes para as empresas de comunicação com sedes fora das capitais. “Ficou claro que o presidente não tinha a exata noção do que somos e representamos”, avaliou.

O mesmo sentimento foi manifestado pelo presidente da ADI-SC, Lenoíres da Silva. Ele destacou que foi uma oportunidade ímpar para os veículos regionais e declarou otimismo ao final do encontro. “Conseguimos transmitir a seriedade com que trabalhamos e o compromisso que temos com nossas comunidades. Nossa manifestação e nosso trabalho foram bem aceitos pelo presidente Bolsonaro”, assegurou.

José Roberto Deschamps, presidente da Adjori-SC, também saiu animado do encontro. “Tenho certeza de que o governo federal vai reconhecer a importância de nosso trabalho. O jornalismo impresso do interior tem sido fundamental para a formação cidadã e o desenvolvimento de nossas regiões”, pontuou.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp