11/05/2020 às 14h19min - Atualizada em 11/05/2020 às 14h19min

Como tirar o chulé do tênis, sapato, sapatilha e mais!

MdeMulher
Divulgação
Uma das coisas mais desagradáveis e constrangedoras é o mau cheiro dos pés. Conhecido como bromidrose plantar, o famoso e terrível chulé afeta homens e mulheres de todas as idades – inclusive crianças.

E quem sofre com a transpiração excessiva na região tem mais chances de desenvolver o problema, já que o suor serve de alimento para as bactérias presentes naturalmente no nosso corpo. Durante esse processo, os micro-organismos liberam gases como o metanotiol e o ácido isovalérico e o resultado é o terrível mau cheiro.

Para agravar a situação, o odor acaba tomando conta do tênis, sapatos, sapatilhas e outros calçados – principalmente os fechados, que impedem a ventilação dos pés. E, se forem usados sem meias, ou com aquelas de tecido sintético, o que já era ruim fica ainda pior.

Mas calma, é possível – e necessário – tirar o mau odor dos seus calçados. Veja como!

Como tirar o chulé do sapato
– Limpe frequentemente os seus calçados. Os feitos de plástico podem ser lavados com água e sabão, à vontade. Já no caso dos modelos de couro ou sintéticos, é indicado que sejam limpos com um pano umedecido.

– Alguns sapatos e tênis de tecido podem ser lavados na máquina de lavar. Sempre verifique na etiqueta do calçado. Nesse caso, use um sabão neutro, enxágue bem e, na sequência, coloque para secar no sol, já que o calor ajuda a eliminar naturalmente as bactérias. Guarde apenas quando estiver bem seco – sapato molhado pode causar um odor ainda pior.

– Procure deixar seus sapatos em local arejado, de preferência sob o sol, pois a falta de ventilação é justamente um dos principais causadores do chulé.

– Alterne o uso dos sapatos para deixar que eles respirem por, ao menos, 24 horas antes de usá-los novamente.

– Dê preferência aos modelos abertos e evite os de plástico e borracha, como as sapatilhas, que provocam aumento da transpiração.

Para evitar o chulé
Prevenir é melhor que remediar, e, no caso do chulé nos calçados, a regra vale em dobro. Portanto, para evitar o mau cheiro nos pés, vale a pena seguir as dicas:

– Mantenha uma rotina de cuidados para controlar o suor excessivo e, consequentemente, o mau odor na região. Lembre-se: se os pés estiverem limpos, secos e livres do mau odor, os sapatos também estarão.

– Evite o uso de sapatos fechados – sapatilhas, por exemplo – sem meia. E, ao praticar esporte, dê preferência para as meias que permitem melhor ventilação dos pés – como as confeccionadas com algodão ou bambu. Aliás, sempre que possível, deixe as meias de tecido sintético de lado.

– Cuide muito bem da higiene dos pés. Lave-os com capricho, seque bem, inclusive entre os dedos, já que a umidade torna o ambiente favorável à propagação das bactérias que liberam o mau odor.

– Aplique produtos bactericidas e antitranspirantes específicos para os pés. Eles ajudam a controlar a transpiração excessiva, mantendo a pele seca e protegida.

– Use sempre meias limpas.

Pronto! Com essas dicas, seus calçados e seus pés ficarão fresquinhos e livres de mau odor.
Link
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp