03/06/2019 às 10h56min - Atualizada em 03/06/2019 às 10h56min

8 destinos zen para relaxar durante as férias

MdeMulher

Divulgação
As férias precisam ser um momento relaxante e cada vez mais pessoas buscam integrar à programação práticas para trabalhar o autoconhecimento. Veja abaixo destinos zen e próximos à natureza para se reconectar consigo mesmo.

Espiritualidade Em Tulum
Imagine uma praia paradisíaca onde você tem acesso a todos os tipos de tratamento para corpo e mente. Assim é Tulum, no México. Com atmosfera hippie, natureza exuberante e excelentes opções gastronômicas, o berço da cultura maia inspira a carta da maioria dos spas da região. E fica apenas a duas horas de carro de Cancún.

O hotel Azulik (@azuliktulum), preferido das cantoras Anitta e Paula Fernandes, tem pegada sustentável e a conexão com a natureza como principais atrativos. O spa do local oferece o Zum Pul Che, ritual xamânico realizado por membros da comunidade. Promete purificar o corpo, curar alguns tipos de doença e melhorar a saúde, além de desenvolver sintonia com o ambiente por meio de elementos sagrados, como a água e o fogo. Para quem prefere algo mais básico, há a relaxante massagem ancestral que utiliza técnicas milenares.

Tulum

Já o hotel Holistika (@holistikatulum) tem um menu só de aulas de ioga, e o Nomade Tulum (@nomadetulum), a Cerimônia do Cacau, que utiliza o fruto, valorizado por suas propriedades rejuvenescedoras e revitalizantes. A bebida feita à base dele e de especiarias é conhecida como um elixir de expansão, e ajudaria a desfazer bloqueios emocionais e tocaria o coração. O processo é embalado por cantos xamânicos.

Os vários restaurantes vegetarianos e veganos encantam até quem torce o nariz para esse tipo de culinária. Programe ainda visitas aos cenotes, cavernas com poços de água cristalina para nadar ou mergulhar com cilindro. A água gelada é perfeita para combater o calor de 40 graus, que persiste até durante o inverno caribenho.

Trekking na Patagônia
Já se sabe que caminhadas regulares deixam o organismo saudável, a mente em paz e o corpo em forma – o exercício é altamente recomendado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Em velocidade média, uma hora de prática pode representar até 420 calorias a menos. Se nada disso for um estímulo, as paisagens da Patagônia com certeza serão. Por lá, paira o silêncio, o ar é puro e a natureza se encontra em estado bruto. Não há stress que resista a essa combinação.

A melhor época para viajar é durante a primavera, quando há menos chuva, pouco vento e céu azul. Entre os meses de agosto e novembro acontecem expedições específicas para observação da fauna, pois nesse período é mais provável encontrar os animais percorrendo o parque.

Parque Nacional Tierra del Fuego  No Parque Nacional Tierra del Fuego, na Argentina, as caminhadas em meio à natureza oferecem ar puro e silêncio – ideais para reflexão. Abaixo, um guanaco, mamífero comum em Torres del Paine, no lado chileno da Patagônia.

Há dois locais mais frequentados na região. Em Ushuaia, no lado argentino, os atrativos são diversificados. Aventureiros percorrem as trilhas em meio à natureza selvagem e praticam esportes radicais. Apreciadores da gastronomia buscam harmonizações de pratos com vinhos. Dá para combinar os dois programas.

No Parque Nacional Tierra del Fuego, área natural de 630 quilômetros quadrados, enfrentam-se duas horas de subida pelo Glaciar Martial até se deparar com a neve permanente no pico. Outro trekking, até a Laguna Esmeralda, mais surpreendente, leva até quatro horas. Roupas quentes e botas impermeáveis são obrigatórias. Leve algo para beber e um lanche para um minipiquenique com visual de tirar o fôlego.

À noite, aproveite os agrados do hotel Arakur (@arakur_ushuaia), com piscinas internas e externas e maravilhosa vista panorâmica para o Canal de Beagle. No restaurante, o cardápio vai de parrilla argentina a santola, um caranguejo gigante.

A estrela da parte chilena é Torres del Paine. O Explora (@exploratravel) combina luxo e aventura. Não há TV nem wi-fi. Organiza grupos de exploração para mais de 40 rotas no entorno. São longas caminhadas entre as florestas, cavalgadas pelas pampas e rios, navegação pelas águas turquesa do Lago Pehoé. Ao final dos passeios, jacuzzis e piscina climatizada rodeadas por grandes janelas de vidro são a recompensa.

Estados Unidos Good Vibes
Com tantos destinos turísticos no território americano, a cidade de Sedona, no Arizona, é pouco conhecida entre brasileiros. Uma pena. Trata-se de um dos locais mais místicos do mundo e atrai visitantes em busca de curas. A energia do lugar fica ainda mais turbinada na Bell Rock, formação rochosa de arenito vermelho que atrai fãs de meditação. Com cerca de 10 mil habitantes, a pequena Sedona concentra em uma rua diversos pontos com quiropratas, tarólogos, massagistas e outros profissionais da área.

Há quem defenda que a cidade seja um dos chacras da Terra, ponto altamente energizado que estimula a evolução espiritual. Desde os anos 1980, quando foi descoberta pela turma do movimento New Age, circulam rumores sobre mistérios envolvendo o local. Visitantes relatam sensações como tremores nas mãos e formigamentos. Há quem jure sair de lá curado, renovado e iluminado. Os moradores não se surpreendem. Costumam repetir que “Deus fez o Grand Canyon, mas mora em Sedona” – são só duas horas de carro entre os destinos.

Para assistir ao pôr do sol, recomendam-se, além da Bell Rock, Airport Mesa, que fica no alto de uma montanha, Cathedral Rock e o Cânion Boynton. Nos três destinos, há trilhas demarcadas para os fãs de caminhada ou até de mountain bike.

A maneira mais fácil de chegar a Sedona é pelo aeroporto de Flagstaff. Para se hospedar, há hotéis como o Amara Resort & Spa (@amararesort) e o Enchantment Resort (@enchantment_resort), onde fica o Mii Amo, spa sensacional. Quem quiser entrar no clima do destino pode experimentar um dos campings disponíveis. Se dormir em barraca for desafiador demais, o Camp Avalon tem a opção de cabanas de pedra. É possível também alugar um trailer.

Repense em bali
Ubud é conhecida como o centro cultural de Bali, na Indonésia. Ali fica o The Yoga Barn (@theyogabarn), estúdio de ioga e meditação com opções de aulas para alunos de todos os níveis. O local é altamente recomendado para quem tem como objetivo uma busca espiritual aprofundada. Inaugurado em 2007, é focado em cura holística com práticas guiadas, massagens, terapias em grupo e consultas com profissionais do mundo inteiro.

A experiência mais completa engloba hospedagem ali mesmo na propriedade. Incluso no pacote, o café da manhã tem menu vegano, vegetariano e ayurvédico (seguindo a tradição indiana), repleto de comidinhas cruas e preparações caseiras. É possível fazer aulas avulsas, como a meditação com gongos tibetanos, que promove a cura pelo som, ou a Ecstatic Dance (dança extasiada), para liberar bloqueios energéticos.

Pode-se também optar por uma programação preparada antecipadamente – caso do Yoga Barn Angel, retiro de sete dias que dá passe livre para todas as práticas customizadas de acordo com objetivos de bem-estar mental e corporal.

O estrelado Four Seasons Sayan promove outro retiro, de três dias, o recém-lançado Guided by Gratitude (guiado pela gratidão), com rituais balineses de agradecimento, terapia de som com taças de cristal, alinhamento de chacras e ritual de bênção de água. Caso queira prolongar a experiência, dê uma chance à aventura de subir os mais de 1,7 mil metros do Monte Batur, um vulcão ativo.

Os grupos partem às 3 da manhã, pegam duas horas de estrada e caminham outras duas montanha acima. No final, há a vista deslumbrante do nascer do sol. Lembre-se de que, na volta, há sempre a opção de curar os músculos com uma deliciosa massagem balinesa.

Spas pelo Brasil
Há quem ache que spa é um refúgio para emagrecer. Nem sempre. Esses lugares podem auxiliar a superar doenças, ajudar a parar de fumar, desestressar e até fazer um detox digital. Oferecendo dietas controladas e atividades como caminhadas, aulas de culinária e muitos tratamentos estéticos, promovem a imersão em um estilo de vida extremamente saudável, muitas vezes longe da realidade.

É um tratamento de choque bem positivo. E dá vontade de levar alguns aprendizados para a vida, como comer mais vezes ao dia, separar algumas horas por semana para relaxar, evitar sal em excesso, não beber durante as refeições, ter persistência. O Brasil oferece ótimas opções.

Lapinha

Com filosofia naturista e dieta ovo-lactovegetariana (sem carne), o lapinha oferece terapias corporais com técnicas asiáticas, suecas, com óleos, ventosas, sal e até debaixo d’água. Em muitas delas, a trilha sonora é o som dos pássaros no entorno da construção, no interior do Paraná.

A área verde é um dos grandes diferenciais: tem bosques com trilhas naturais cercadas de riachos, hortênsias e imbuias, árvores típicas da região, e hortas e pomares com os mais diversos orgânicos, usados para preparar as quatro refeições servidas diariamente chamam atenção. A produção própria faz tanto sucesso que é comercializada em variados pontos de venda.

Kurotel 

A bateria de consultas e entrevistas logo na chegada do spa, em Gramado (RS), dão pista de que a estadia é toda acompanhada por uma equipe bem completa e alinhada, com direito a nutrólogo, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta, educador físico, massoterapeuta e chef de cozinha. O ambiente lembra de uma casa de campo luxuosa, com decoração clássica e inúmeras salas de descanso.

Rituaali 

Localizado em Penedo, no interior do Rio de Janeiro, o Rituaali (ritual em finlandês) tem como lema “mente sã, corpo são”. Oferece massagem de boas vindas, cardápio personalizado, planejamento diário de atividades, bate-papos sobre assuntos profundos (que tal discutir inveja ou raiva, por exemplo?).

Entre os programas, destaque para os de detox, controle do estresse, alcance de equilíbrio, melhoria do estilo de vida e contra o tabagismo. Ao final de cinco dias – tempo médio recomendado para a hospedagem –, a sensação é de alma renovada.

Unique Garden 

Há programas de sete dias, que incluem avaliações médica, física, bioimpedância, coaching, consulta nutricional e terapias diversas, mas também é perfeito para finais de semana zen, com massagens, tratamentos estéticos, muito relaxamento e cardápio certeiro para fazer uma faxina corporal.

O Unique Garden fica a apenas 60 quilômetros de São Paulo, conta com menu preparado com produtos orgânicos e tem um plus mais que bem-vindo: é pet friendly!

Link
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp