16/10/2017 às 09h12min - Atualizada em 16/10/2017 às 09h12min

Robert Scheidt se aposenta dos Jogos Olímpicos e não vai a Tóquio 2020

IG

Divulgação
Bicampeão olímpico, Robert Scheidt não irá mais participar de Jogos Olímpicos. O velejador de 44 anos de idade anunciou que não irá participar do próximo evento em Tóquio 2020. Em entrevista concedida ao canal Esporte Espetacular , o atleta contou que vai continuar no esporte, mas revelou quais são seus novos planos.

"Uma decisão como esta de não dar sequência à minha carreira olímpica, é uma decisão das mais difíceis que tive que tomar na minha vida, são 25 anos de esporte de alto rendimento. Espero poder contribuir da melhor forma para a equipe olímpica, torcer por esse legado, para que esse esporte, que já deu tantas medalhas para o Brasil, continue a ter muito sucesso. E acho que vai ter", disse Robert Scheidt .

Motivo
O paulista é dono de duas medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze. Ao lado de Torben Grael, ele é o brasileiro que mais possui conquistas em Jogos Olímpicos . No ano de 2008, foi, inclusive, o convidado para ser porta-bandeira da delegação brasileira em Pequim. A preparação para o maior evento esportivo do mundo não é fácil e o fator físico foi um dos motivos para a tomada de decisão.

“O volume de treinamento que eu teria que fazer nos próximos dois anos seria muito grande e eu acabei optando por não dar sequência nesse projeto. Para mim sempre foram importantes duas coisas na minha carreira , gostar do que está fazendo e ser competitivo, chegou o momento que eu não estou me sentindo muito competitivo", contou.

"Um pouco do fator físico pesou, já que pequenas lesões vão minando sua capacidade de volume muito grande de treinamento, que é o que eu precisaria na classe 49er. E um barco mais radical, comecei a velejar com 43 anos, não é fácil você se adaptar a um barco já vindo de 20 anos navegando em barcos diferentes”, completou Scheidt.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »